As dicas que a minha loja me ensinou

by

Desde o passado dia 7 de Julho que abri juntamente com a minha mulher uma loja no Shopping Amoreiras, chamada Slim and Svelte Diet. Ao fim de quase 2 meses que estamos abertos todos os dias da semana, há algumas lições que fui aprendendo e que agora partilho consigo. Por isso, eis as dicas que a minha loja me ensinou.

A nossa montra (vitrine) é a nossa melhor vantagem

São cerca de 7 metros de montra que temos virada para uma das principais entradas do shopping e vimos que algumas das pessoas ao passarem por ela, pararam justamente por que viram algo na montra que os agradou. Este algo não são os produtos. São as mensagens que colocamos coladas ao vidro ou em suportes de acrílico junto ao vidro. Estas mensagens desafiam as pessoas a pensarem se querem continuar a ter o peso que tem, se querem ser os escultores dos seus corpos, entre outras que semanalmente mudamos. Quando mudamos o paradigma do produto para a pessoa tudo muda a partir do momento que ela entra na loja.

Não basta esperar que o cliente entre, é preciso correr atrás dele

Muitos lojistas pensam que o facto de ter a porta aberta é o suficiente para que as pessoas entrem. Não é. Tenho vindo a desenvolver cada vez mais a minha capacidade de inventar formas de atrair os clientes. Não posso e não fico sentado, quando param na montra, vamos lá fora falar com eles. Quando somos dois na loja, saio para distribuir panfletos e daqui há alguns dias vou mandar imprimir um cartaz que vou colar num suporte e passear pelas redondezas das Amoreiras a dar a conhecer a loja. Temos site, temos página no Facebook e já temos clientes a falarem de nós, mas como digo, aqui é 99% transpiração e somente 1% de inspiração.

Estar sempre focado no resultado pretendido e não nos produtos

Temos produtos e um cliente é livre para entrar e comprar um pacote de barras dietéticas. Mas isso não é o que queremos e isso não dá resultados nenhum a quem compra. Queremos que os nossos clientes vejam o que podem alcançar se seguirem o nosso plano depois do aconselhamento nutricional. Os produtos são complementares ao processo. Quando estamos focados no processo sabemos que os produtos vão contribuir para o caminho, mas nunca são ou serão o objectivo final da existência da loja. Ajudamos as nossas clientes a esculpirem os seus corpos.

Nunca tratar mal ou ignorar um cliente

Quem tem uma loja sabe que está sujeito a que entre todo o tipo de cliente. independentemente de estar mos localizados num Shopping, nunca podemos transmitir as nossas frustrações ou raiva quando estamos a atender um cliente. Se o cliente está chateado é com ele, a nossa função é aplicarmos o efeito esponja onde absorvemos o que nos dizem. Vivemos uma situação que uma cliente entrou a reclamar e a nossa nutricionista, depois de aplicar o conceito da esponja, conseguiu que a cliente acalmasse e no final até comprou novos produtos. Há que veja problemas em todas as situações, há que veja oportunidades. Eu tento sempre ver as oportunidades.

Nunca enganar o cliente ou esconder informação

Neste negócio a verdade é a única forma de prosperar. Toda a informação que queremos dos nossos clientes tem que ser fidedigna e toda a informação que passamos também o é. Quando passamos uma dieta, todos os produtos que sugerimos são os mais indicados para ajudar a atingir o objectivo que o cliente quer. Praticar e agir sempre com a verdade não é uma opção.

O preço não pode ser escondido ou dissimulado

Qual o preço que um programa dietético pode ter? Depende somente do objectivo que o nosso cliente diz ter. O programa não está feito para criar uma dependência do cliente com os produtos. Está feito para ser rápido e eficaz. Digo eficaz por que a eficiência do mesmo depende somente da vontade do cliente. Quando maior for o comprometimento consigo mesmo, mais eficiente será o processo. E tal como tudo na vida, há um custo financeiro associado a isso, mas este está claro desde o momento que o cliente entra pela nossa porta.

Conclusão final

Sei que ao ler estas dicas vai achar que são comuns e que todos aplicam isso. Mas tenha em conta que mesmo sendo algo normal, são poucos os donos de uma loja que aplicam todas elas. Eu posso me orgulhar de aplicar todas. E você?

Muito obrigado por ler o meu artigo. Se gostou deste artigo e reconhece que a partir desta informação aprendeu alguma coisa, imagine o que poderá beneficiar e melhorar ao contratar como Coach. Sei que posso ajudá-lo a ser (ainda mais) melhor profissional.

Se tem dúvidas se pode funcionar consigo, ofereço-lhe uma sessão de Coaching profissional de 30 minutos totalmente gratuita.

Quer mais do que isso, então conheça as condições comerciais e o como funciona a minha Fórmula que muda a forma de vender.

Se não gostou do artigo, partilhe com a sua concorrência. Eles vão adorar aprender como ser melhores e saberem como vencer-lhe no mercado.

Para a semana trago um novo tema para um artigo que o vai ajudar a ser melhor profissional.

Só me resta dizer uma coisa: Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber quem é você e qual a sua avaliação sobre o que leu. A melhoria contínua só acontece com o seu feedback.

Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Gostou do Artigo?
O seu feedback é muito importante:
Clique em ->


Eu sou contra o novo acordo ortográfico.

 

Rapidinhas – Parte I

Janeiro 30, 2011

Tenho vindo normalmente a publicar artigos que na sua maioria está relacionado somente com um…

Hoje trago-vos algumas dicas para conseguir obter mais alegria enquanto vende e claro, mais lucro…

%d bloggers like this: