Como criar uma equipa de sucesso

by

Como diz o José Mourinho “quando eles perdem a culpa é minha, quando eles ganham o sucesso é deles!”, Aplica-se como uma luva ao texto que hoje vos trago. Gerir pessoas é no meu entender uma das tarefas mais difíceis que existe. Todo responsável de equipa sabe que combinar feitios, mau feitios, personalidades, problemas pessoais, desenvolvimento de carreira, filhos, brigas com o cônjuge, etc, etc e ainda por cima ter que fazer com que todos trabalhem em prol do mesmo objetivo é uma luta.

Construir uma equipa de profissionais que saibam ser superiores a todos os problemas que possuem na sua vida privada a partir do momento que entram pela porta da empresa é para mim uma tarefa desafiante, emocionante e gratificante. Saber como fazer uma equipa saiba exatamente o que tem que fazer, qual a direção que tem que tomar, qual o grau de liberdade para decidirem e como interagirem uns com os outros é a chave do sucesso de todos.

Construir uma equipa exige também ter as pessoas certas nas posições certas. É preciso ter a coragem de conseguir reunir uma equipa onde todos tenham capacidade profissionais muito semelhantes. Ter uma equipa de estrelas significa que também tem que gerir vaidades. Ter uma equipa mais homogénea fará que todos remem para o mesmo lado. Um gestor de equipa tem ainda uma série de tarefas adicionais além da de criar a equipa. Tem que implementar medidas e mudanças que não criem “zonas de conforto” entre os membros; manter uma revisão semanal junto da equipa para ver se as etapas e compromissos assumidos estão a ser cumpridos; assegurar que todos continuam motivados e alinhados com os objetivos traçados.

Criar e manter o envolvimento e pertença

Todo membro de uma equipa quer sentir que realmente faz parte da equipa. Isso significa que o gestor da equipa tem que passar toda a informação necessária para a equipa desenvolver o seu trabalho, mas também manter a sua “porta” aberta a todas as sugestões que algum membro possa ter para melhorar ou encurtar etapas. Isso dá uma oportunidade ao membro de contribuir muito para além do fato de fazer parte da equipa. O fator pertença faz com que o membro da equipa sinta o projeto como “seu” e que o sucesso do projeto significa o seu próprio sucesso.

O poder da responsabilidade

O envolvimento e o fator de pertença fazem com que cada um dos membros da equipa saiba qual o seu grau de responsabilidade em todas as ações e decisões tomadas pela equipa. Porém a responsabilidade não pode ser “passada” a outro. Tem que ser assumida por todos. A responsabilidade da equipa é garantida quando:

  • Os objetivos são claros e onde cada pessoa sabe o que fazer e quando;
  • Existe uma excelente comunicação entre todos;
  • A motivação é grande, ou seja todos desejam o sucesso individualmente e organizacionalmente;
  • Confiança total do gestor nos membros e vice-versa;
  • Diversão, todos os membros tem prazer em fazer o que fazem;
  • Tomam decisões sozinhos ou em conjunto para atingir o fim previamente determinado.

Uma equipa de sucesso existe quando:

  • Os elementos foram bem selecionados;
  • Responde na medida exata as expetativas e responsabilidade em cumprir as tarefas;
  • Estão sempre a procura de novas formas de fazer melhor o que já fazem bem;
  • Vêm o gestor da equipa como uma peça fundamental e que é o suporte do sucesso de todos;

Pense nisso e construa a sua equipa de sucesso.

Motivação não se compra

Setembro 10, 2011

Esta semana foi a primeira semana de Setembro e desde segunda-feira que aqui em Lisboa…

A diferença entre o J e o Y

Fevereiro 17, 2013

Como ainda continuo umas merecidas férias aqui em Vitória no Estado do Espírito Santo, tenho…

%d bloggers like this: