Dicas para nunca perder uma venda

by

Se está a espera que este seja um artigo que vai ensinar algo que não sabia, desengane-se. Já disse por várias vezes isso, mas não custa repetir: “Não existe fórmula mágica para ganhar dinheiro facilmente. Existe sim, a necessidade de despender muito trabalho e dedicação para manter os seus clientes felizes e satisfeitos com o que vende.”

O que vou apresentar hoje é como você pode usar aquilo que já sabe de forma mais produtiva e assim evitar perder negócios, tempo e dinheiro. Afinal tudo o que um vendedor faz é apostar o seu tempo e pedir em retorno negócios fechados.

A primeira dica que lhe dou é: Mostre ao seu potencial cliente a sua prioridade é ajudá-lo a ter sucesso. Para quem compra os nossos produtos ou serviços, uma coisa que dá muita segurança a ele é saber que pode contar com alguém preocupado com o seu bem-estar e que retire o melhor possível do lhe comprou.

A segunda dica que lhe dou é: Demonstre confiança, não arrogância. O pior que pode acontecer a sua carreira profissional nas vendas é ser reconhecido pelo mercado como alguém arrogante e que se acha superior a tudo e todos. Quando demonstra confiança e em simultâneo alguma humildade no trato com os seus potenciais clientes, eles irão reconhecer que é alguém que sabe do que fala, age de acordo com os melhores princípios e saber criar uma relação de confiança com clientes.

A terceira dica que lhe dou é: Seja uma pessoa íntegra, honesta e ética em tudo o que faça. Se assumir um compromisso, cumpra. Não aceite subornos, não fale mal do seu trabalho nem dos seus colegas de trabalho. Nenhum cliente ou potencial cliente quer saber qual o tipo de relação ou problemas que tem dentro da empresa.

A quarta dica que lhe dou é: a milha extra em tudo o que fizer. Tal como é pedido a um jogador em qualquer modalidade que dê o tudo por tudo para conseguir vencer, nas vendas você também tem que estar sempre a dar muito mais do que lhe é pedido. Ser um vendedor medíocre é estar nos 100%, ser normal é atingir os 110% do seu objetivo, ser bom nas vendas é atingir os 130% e ser mesmo muito bom significa procurar incansavelmente atingir os 200%. Em que patamar você está?

A quinta dica que lhe dou é: Tenha uma atitude positiva. Ninguém quer fazer negócio com o pintinho Calimero. Se passa o tempo todo a olhar para o seu copo como se ele estivesse sempre meio vazio, tem um problema muito grande em mãos. Não conheço ninguém que goste de fazer negócios com pessoas negativas. Em bem verdade o seu cliente simplesmente vai virar as costas e procurar quem tenha uma outra atitude. De problemas já ele está cheio e não precisa que você lhe traga os seus.

A sexta dica que lhe dou é: Não acuse ninguém. Ninguém é perfeito. Todos cometemos erros. É impossível dizer que fez um caminho nas vendas totalmente imaculado e sem cometer erros. Também é muito pouco profissional culpar outras pessoas pelos seus erros. Existe uma frase imortalizada por um político português que diz “Eu nunca erro e raramente me engano. São os outros que me induzem em erro.” Se quer se manter em linha com a dica número 3, quando os outros erram, a sua única função é minimizar o erro e fazer parte da solução. Tem muito mais a ganhar ajudando a resolver o problema.

A sétima dica que lhe dou é: Seja organizado. Por mais trabalho que possa ter, propostas por fazer, telefonemas por responder e os constantes emails que não param de chegar e que também têm ter que ser respondidos, não existe nada pior do que um vendedor desorganizado. Organização não é estar sempre disponível. Estar organizado significa saber dar prioridade ao que tem que ser feito, saber quando e em que condição a tarefa tem que ser realizada. A sua organização ajudará a ganhar mais negócios, o cliente sabe quando está perante alguém organizado ou não. Acredite que sabe.

A minha oitava e última dica que lhe dou é: Evite falar com os clientes sobre os seus problemas pessoais. Os seus clientes não querem saber se o seu computador avariou, se o carro ficou com os pneus vazios, se por causa da impressora que avariou você não conseguiu enviar a proposta que ele pediu, se vai de férias e não tem ninguém que seja o seu substituto para acompanhá-lo, se o seu filho ficou doente e teve que ir com ele ao hospital e mais umas 300 outras desculpas possíveis. Isso tudo soa a desculpas e há mais de 50 anos que todos os vendedores as usam. Já ninguém “compra” estas desculpas esfarrapadas. O que o seu potencial cliente quer ter certeza é que se fechar negócio consigo, vai tomar conta dos seus problemas e os vai resolver. O seu cliente não quer saber quais são os seus problemas, ele quer é que você saiba quais são os seus problemas e que os resolva.

Se estas dicas ajudarem a que você reconheça o que faz bem e o que deve mudar, isso já é 2/3 do caminho para conseguir fechar mais negócios e ser um excelente vendedor.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber qual a sua avaliação.

Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Muito Obrigado.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Gostou do Artigo?
O seu feedback é muito importante:
Clique em ->

[email_link]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Estes são os meus princípios. Se não vos agrada, tenho outros. (Groucho Marx) Faço vida…

Provavelmente quem inventou esta frase, trabalhava na área das vendas. Porque? Porque estamos a chegar…

%d bloggers like this: