Dicas para quem não gosta de vender – parte II

by

Na semana passada escrevi um primeiro bloco de dicas muito pertinentes para ajudar as pessoas que não gostam de ser reconhecidos como vendedores. Na minha pesquisa semanal, encontrei mais uma série de outras dicas que podem dar continuidade ao artigo anterior.

Assim sendo, eis a minha lista de dicas para si:

Fique furioso – utilize o poder da raiva em seu benefício

Não conheço nada mais motivador para uma pessoa realizar alguma coisa do que ter alguém a dizer que ela não é capaz. Quando alguém duvida da nossa capacidade é justamente a peça que falta para dar a ignição ao nosso orgulho. Se quer realmente fazer acontecer a venda, então tenha sempre na sua mente uma “vozinha” a dizer que não é capaz. Sempre que se sentir desmotivado ou sem força para agir, lembre-se da “voz” a gritar que você não é bom e que só serve para atrapalhar. Pior ainda é ser comparado com um perdedor. Lembre-se de todos os que desistiram quando estavam a minutos ou milímetros de conseguir atingir o objectivo. A imagem abaixo diz tudo, não acha?

Three-feet-from-gold

Desenvolva a sua forma de persuadir os clientes

Nesta dica e na nossa profissão, o que posso dizer que não há uma fórmula que sirva para todas as situações. Por vezes há o cliente gosta de sentir o seu ego massajado, outras vezes gosta de ser ele a tomar a decisão do que serve ou não para resolver o problema e há ainda o cliente totalmente indeciso que precisa de toda a ajuda possível para tomar uma decisão. Em cada uma destas (e de muitas outras) você precisa ter a sua própria forma de persuadir o cliente para o fim que deseja, ou seja, fechar o negócio. Por isso invista na suas técnicas de persuasão e aprimore praticando no seu dia-a-dia. Se reconhece que posso ajudar que tal conhecer a minha Fórmula que muda a forma de vender?

Deixe que seja o cliente a sentir que foi ele quem escolheu a melhor solução

Na sequencia da dica anterior, uma das melhores formas de conseguir vender sem ter que gastar forças e energia, é você ser capaz de induzir o seu cliente a dizer exactamente o quê, como e em que condições que comprar. Como e que isso é possível? Simples, fazendo uma pergunta somente: “Como é que quer resolver o seu problema?” a partir daqui é como na pescaria, quando o peixe morde o anzol é dar linha até ele se cansar e depois trazer o peixe para bordo sem ter que gastar muitas energias.

Conhecimento + Relacionamento = Credibilidade

Não creio que isso precise de muitos detalhes. Se tem o conhecimento pleno da sua solução, se tem a cadeia de contacto e sabe criar relações fortes com eles, então está a criar a sua credibilidade. E credibilidade faz os clientes irem atrás das pessoas que são reconhecidas pelo mercado como credíveis. É fácil? Não. Leva muito tempo e dá imenso trabalho. Mas acredite que quando lá chegar irá ser muito bem recompensado.

Peça ao cliente para fechar o negócio

Pode parecer estranho, até porque você não gosta de vender. Mas se consegue ser persuasivo, credível e consegue até que ele diga exactamente como é que você deve ajuda-lo, por que não pedir para ele fechar o negócio. Não se chega a este ponto e deixamos os créditos por mãos alheias. Se tudo o que foi dito até aqui funcionou bem, o facto de simplesmente perguntar: “Podemos fechar o negócio agora?” não vai fazer o mundo desabar sobre a sua cabeça. Dificilmente receberá um não. Porém se isso acontecer, então tente rever mentalmente todos os passos que executou e descubra o que falhou. Assim saberá qual o caminho a seguir na próxima venda.

Se gostou deste artigo e reconhece que a partir desta informação aprendeu mais alguma coisa, eu adoraria compartilhar informações mais detalhadas com você e/ou qualquer outra pessoa que você possa pensar que irá beneficiar se conhecer a minha Fórmula que muda a forma de vender.

E é isso. Para a semana trago um novo tema para um artigo que o vai ajudar a vender mais. Só me resta dizer uma coisa: Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber quem é você qual a sua avaliação sobre o que leu.

Quer ver o seu comentário na página principal do site, escreva o seu comentário sobre como este artigo lhe ajudou e se identifique com o seu nome e email.
Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Gostou do Artigo?
O seu feedback é muito importante:
Clique em ->


Eu sou contra o novo acordo ortográfico.

 

Caro leitor, vou tentar a medida que for possível apresentar algumas sugestões de como melhorar…

%d bloggers like this: