Há muitas profissões que a personalidade (ou atitude) da pessoa não tem influência no seu sucesso, nas suas relações ou mesmo na sua capacidade de trabalhar. Porém na profissão de vendedor, não ter coerência entre o que disser e o que fizer, entre o que demonstrar e o que executar, entre o que prometer e o que cumprir, entre o que parecer e o que não for, pode mudar radicalmente a forma como o seu cliente vê, age, reage e interage consigo.

Esta semana trago uma lista de 7 pecados que não deve cometer como vendedor, mas que também poderá extrapolar para a sua vida pessoal.

Pecado nº 1 – Desonestidade

Este pecado é tão grave que para o descrever fui buscar a informação à Wikipédia: Desonestidade: é uma palavra que, no uso comum, pode ser definida como o ato ou agir sem honestidade. Ela é usada para descrever a falta de probidade, o enganar, mentir ou ser deliberadamente enganoso ou uma falta de integridade, os actos velhacos, perfidiosidade, a corrupção ou a covardia. É usada para descrever actos de charlatanismo e charlatões.

Pecado nº 2 – Desmotivação

Não é tão grave como o pecado nº 1, mas quando um vendedor não consegue ser auto-motivado e estar sempre a procurar novas formas de ultrapassar as adversidades que enfrenta no seu dia-a-dia, morre na praia ou então desiste da profissão. Não há Red Bull que ajude a ganhar motivação assim como estalar de dedos. Para cada problema encontrado, reflicta e encontre a melhor solução para seguir em frente.

Pecado nº 3 – Inconsistência

Acho que esta definição diz tudo: Inexistência de firmeza; Inexistência de solidez de pensamentos, opiniões ou reflexões; instabilidade ou incerteza; Total ausência de lógica, coesão ou coerência; incongruência. Acha que é preciso mais para descrever o quanto este pecado pode interferir nas suas vendas?

Pecado nº 4 – Isolamento

Na profissão de vendedor não pode existir esta palavra. O vendedor que achar que consegue sozinho enfrentar o mundo e vencer tudo e todos, é uma de duas coisas: Doido ou Imbecil. Doido por que se não criar uma cadeia de bons contactos e boas relações não conseguirá singrar e vencer negócios; Imbecil se pensar que nos dias de hoje há alguém que consegue “planear, executar a festa e colher as canas” sozinho. O isolamento já não é possível na profissão de vendedor.

Pecado nº 5 – Ego Inchado

Eu detesto este pecado quase na mesma intensidade que detesto o pecado nº 1. Hão há nada de mais ignóbil e mesquinho na atitude de um vendedor do que achar que é dono e senhor de toda a sabedoria. Vendedores com Ego Inchado tem a tendência para querer demonstrar ao cliente o quanto é estúpido e que ele (vendedor), mais do que ninguém, é o único “iluminado” com o conhecimento e poder. Quando encontro um vendedor que demonstra este pecado, normalmente viro as costas e saio para não passar vergonha.

Pecado nº 6 – imobilismo, inactivo e inércia

Estas 3 palavras tem uma coisa em comum: “Não fazer absolutamente nada”. Este tipo de pecado também é conhecido como “Vendedor Morcego” pois só sabe sugar o sangue dos outros (os que trabalham). Leia mais sobre este pecado neste artigo: Cinco características do vendedor ineficiente

Pecado nº 7 – Ambição desmesurada

A ambição é um dos ingredientes mais valiosos na profissão de vendedor. Ter ambição é bom e necessária para poder vencer e vender. O problema acontece quando a dose de ambição ultrapassa os limites e torna-se algo doentio e que leva o vendedor a tornar-se odiado e afastado por todos os outros colegas. Muito cuidado com este pecado. Se reconhece que está a sofrer dele, então reveja toda a sua atitude profissional e acabe com isso.

Se gostou deste artigo e reconhece que a partir desta informação aprendeu mais alguma coisa, eu adoraria compartilhar informações mais detalhadas com você e/ou qualquer outra pessoa que você possa pensar que irá beneficiar se conhecer a minha Fórmula que muda a forma de vender.

E é isso. Para a semana trago um novo tema para um artigo que o vai ajudar a vender mais. Só me resta dizer uma coisa: Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber quem é você e qual a sua avaliação sobre o que leu.

Quer ver o seu comentário na página principal do site, escreva o seu comentário sobre como este artigo lhe ajudou e se identifique com o seu nome e email.
Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Se gostou do Artigo deixe o seu comentário:
Clique em ->

Eu sou contra o novo acordo ortográfico.

 

Tagged on:             

Wilques Erlacher

ACC Coach Credenciado pela ICF. Especializado em Coach de Desenvolvimento & Transformacional e Director de Vendas na Saphety (empresa do Grupo Sonae). Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. Fui Presidente da Direcção na OV-APPV Associação Portuguesa dos Profissionais de Vendas e trabalhei na Petrogal (actualmente Galp Energia), na Agência Reuters Portugal, na Bull Portuguesa, na Novis Telecom e Mainroad (grupo Sonaecom). Sou keynote speaker, formador e mentor de equipas de vendas, desenvolvi e pratico a metodologia "Venda Melhor – A Fórmula que muda a forma de ser". Trabalho como Coach no desenvolvimento de profissionais em clientes empresarias em Portugal, Colômbia, Brasil, Espanha, França, Itália, Quénia e Cazaquistão. Acredito que há um potencial a ser trabalhado em cada um dos meus clientes, de forma única. O meu lema é “Coaching: It’s all about execution!” Quer falar comigo sobre como ser melhor profissional? email: we@wilqueserlacher.com Skype: w.erlacher telefone: +351 932 558 558