Quatro coisas que você realmente deve acreditar para atingir o sucesso

by

Uma das principais razões por que gosto de trabalhar nas vendas é devido eu acreditar. Há muitas coisas que creio mas em poucas que acredito. Por isso este artigo vai falar de quatro coisas que você realmente deve acreditar para atingir o sucesso. Acredite que eu sigo e aplico todas elas.

Acredito que sou capaz de fazer a diferença

Acredito que ao contactar pessoas para vender os meus produtos e serviços, estou a contribuir para a atingirem um patamar de excelência nas suas vidas ou mesmo na sua profissão. Acredito que o meu trabalho contribui para que o meu cliente atinja os seus objectivos. Acredito que sou capaz de criar consciência na vida dos meus clientes com um antes de trabalhar comigo e depois de trabalhar comigo. Sou único na minha forma de ser e, perdoe-me a pretensão, sei que posso fazer a diferença.

Acredito que sou capaz de atingir o sucesso que me proponho

Conheço poucas pessoas que aos 50 anos queiram mudar de profissão. Alguns ainda pensam em mudar de emprego, mas eu não quero isso. Eu quero mudar de profissão. Apostei caro na minha certificação de Coach e já começou um longo percurso onde tenho que dar a conhecer os meus serviços. É fácil? Não. É simples? Não. É penoso e duro? Sim, muito. Mas se fosse fácil não teria a mesma graça. Acredite que grau de desafio que estou a ter é muito elevado. Isto não é uma corrida de 100 metros. É uma maratona. E tal como na maratona, o percurso é longo, cansativo e tenho que ser (muito) persistente e nunca baixar os braços ou desistir até atingir a meta que vejo ao fundo. Vou receber muitos “não” mas também vou receber “sim” e estes serão os melhores.

Acredito que as pessoas vão me ajudar

Esta é sem duvida a minha mais forte crença. Sei que sozinho não chego a lado nenhum. Vou ter que pedir ajuda a muita gente. Haverá aqueles que olharão para mim e gentilmente declinarão, mas haverá os que ao verem-me nesta nova profissão verão o quanto eu estou determinado e empenhado. É uma verdade e já está em marcha. Já pedi e tive pessoas que mesmo não me conhecendo pessoalmente, me ajudaram. Estou todos os dias a aprender a arte de pedir e depois de algumas boas experiencias verifico que realmente é algo que funciona. Mas também sei que para as pessoas me ajudarem tenho que ser reciproco e ajudar quando me pedirem.

Acredito que quando as coisas não correm como esperado, é sinal que elas vão funcionar

A minha mulher diz que eu cai num caldeirão de optimismo (em comparação com o Asterix). O meu optimismo advém do facto de eu acreditar que mesmo quando tudo corre menos bem, há sempre algo que posso retirar em prol ser melhor. Há dias que penso que não deveria ter saído da cama. Mas sacudo o mau pensamento, levanto a cabeça e não deixo o desanimo tomar conta de mim. Sigo em frente. A vida é feita de “nãos” e contrariedades, mas por trás destes “nãos” há muitos “sins” escondidos que ao descobri-los alegram e fazem avançar. Acredito que o meu percurso vai ser cheio de altos e baixos. Nos baixos terei que tomar cuidado redobrado para não me deixar abater pelo pessimismo. Nos altos terei que ter cuidado para não ficar arrogante e achar que não haverá novos baixos.

Conclusão final

Tal como acredito que sou capaz de fazer a diferença na vida das pessoas, acredito que tenho o mínimo necessário para atingir o sucesso que me proponho. Sei também que para atingir este sucesso tenho que acreditar que as pessoas que conheço, e as que vou conhecer, me vã ajudar e mesmo quando não correrem pelo melhor, cada percalço que tiver tenho que levantar a cabeça e continuar persistentemente no meu caminho. Ele está traçado, agora é percorrer e que seja da melhor maneira possível.

Muito obrigado por ler o meu artigo. Se gostou deste artigo e reconhece que a partir desta informação aprendeu alguma coisa, imagine o que poderá beneficiar e aprender se me contratar como Coach onde posso ajudá-lo a ser (ainda mais) melhor profissional.

Se tem dúvidas se pode funcionar consigo, ofereço-lhe uma sessão de Coaching profissional de 30 minutos totalmente gratuita.

Quer mais do que isso, então conheça as condições comerciais e o como funciona a minha Fórmula que muda a forma de vender.

Se não gostou do artigo, partilhe com a sua concorrência. Eles vão adorar aprender como ser melhores e saberem como vencer-lhe no mercado.

Para a semana trago um novo tema para um artigo que o vai ajudar a ser melhor profissional.

Só me resta dizer uma coisa: Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber quem é você e qual a sua avaliação sobre o que leu. A melhoria contínua só acontece com o seu feedback.

Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Gostou do Artigo?
O seu feedback é muito importante:
Clique em ->


Eu sou contra o novo acordo ortográfico.

Este artigo teve como base o original escrito por Rick Anderson no site scholarlykitchen.sspnet.org

 

Identificar que decide

Outubro 3, 2008

Esta semana resolvi trazer-vos um tema que muitas vezes nos acontece e algumas vezes acertamos…

%d bloggers like this: