10 advertência que impedem ser profissional de sucesso

by

Em todas as fases da nossa carreira profissional há sempre algumas que devemos estar prevenidos para não deixar acontecer. No meu entender a pior delas é quando começamos a deixar o nosso orgulho/ego tomar conta das nossas atitudes e nos tornamos uma pessoa que ninguém quer ter ao lado para trabalhar. Por isso, neste artigo partilho 10 sinais de advertência que deve ter em conta, todos os dias, para não deixar nenhum deles influenciar negativamente a sua vida profissional (e se calhar pessoal).

Sinal nº 1 – Está a tornar-se insensível

Este sinal atrapalha ainda mais se estiver a liderar pessoas. Os primeiros sintomas que indica estar a sofrer de insensibilidade é quando começam a falar consigo sobre um determinado assunto pessoal e responde “O que eu tenho a ver com isso?” ou “Isso é problema seu, continua lá a fazer o que te mandei”. Outro sintoma que está a iniciar um percurso de insensibilidade é quando exige que os seus comandados trabalhem mais horas do que o necessário ou começa a gritar para todos ouvirem que um deles não fez o que mandou, no tempo exigido.

Sinal nº 2 – Descura as suas tarefas mais importantes

Eu sei que é importante passear o cão duas vezes ao dia, mas sair da empresa as 14h00 por que tem que levar o cão a rua, é complicado. Sei que é importante ir ao ginásio para manter a boa forma, mas fazer isso as 10h00 da manhã e começar a trabalhar as 11h30, é complicado. Sei que é importante pagar as contas, mas cancelar uma importante reunião com um cliente por que precisa ir ao balcão dos CTT pagar as contas (e assim conversar com a miúda gira da caixa), é complicado. Claro que toda a gente fica doente. Mas só por que lhe dói o calo do pé esquerdo não é preciso ligar para a empresa e dizer que está MUITO doente e não pode ir trabalhar. Para tornar a situação mais complicada para o seu lado, liga para a empresa a dizer que está MUITO doente e CHEIO de febre e depois coloca fotos no Facebook a apanhar sol e a beber uma cerveja a beira do mar (com o seu chefe está na sua lista de amigos do Facebook).

Sinal nº 3 – Começa a supervalorizar-se

Vou ser directo: isso acontece quando numa reunião começa a se apresentar e a debitar, sem o menor propósito, todos os cursos, pós-graduações, mestrados, cátedra e todas as formações adicionais que fez na vida com o objectivo de impressionar quem te ouve. Se fizessem isso comigo, acredite que levantava-me da mesa e saia da sala.

Sinal nº 4 – Quer ser o centro das atenções

Este sinal beira o narcisismo in extreme. Em todas as reuniões, encontros, telefonemas, workshops ou conferencia que participa acredita que é o “deus sol” e que todos devem girar a sua volta e monopoliza todas as conversas falando sobre si e sobre os seus feitos. Pior é quando não consegue obter a pretendida atenção de todos e fica zangado, rabugento e a querer acabar e mandar todos embora.

Siga-me pelologo_b

Sinal nº 5 – Não partilha o que interessa

Não partilha informação, não partilha conhecimento, não partilha os sucesso. Porém adora partilhar os fracassos (dos outros), anseia por partilhar culpas e regozijar-se em apontar os erros (dos outros). Quer mais explicação sobre este sinal?

Sinal nº 6 – Começa a roubar ideias

Você está na sala do café e ouve um colega a partilhar uma potencial ideia que quer levar ao seu chefe na próxima reunião de equipa. Você sorrateiramente escuta, gosta da ideia, sabe que isso poderá ajuda-lo a ganhar uma vantagem junto do seu chefe e então sai imediatamente da sala, vai falar com o chefe e “sugere” a ideia do seu colega como sua. Quando chega a data da reunião, o colega que teve a ideia fica com cara de parvo a tentar entender o que aconteceu.

Sinal nº 7 – Quebra as regras e normas

break rules photo
Photo by Internet Archive Book Images

Isso acontece quando começa a achar que estão todos errados e somente você está certo. Que todas as regras que foram estabelecidas dentro da empresa, não servem para absolutamente nada ou, quando servem é para serem quebradas. Por exemplo, não aplica os preços que a empresa indica, não segue as regras estabelecidas para interagir com outras áreas, não utiliza o CRM para registar as suas actividades ou não respeita o horário de entrada e saída. Para si só existe as suas regras, criadas por si e para si.

Sinal nº 8 – Não aceita críticas e a culpa é sempre dos outros

Quando você erra e é chamado a atenção, explode e grita com a pessoa (quase mesmo ofendendo e chamando nomes feios) só porque não aceita que lhe digam que errou. Pior é quando você comete um erro e ao ser chamado atenção, coloca a culpa em alguém, que de preferência não esteja por perto.

Sinal nº 9 – É submisso com a hierarquia superior e sarcástico com os colegas

Como sabe que pode ser demitido se não cumprir o que o seu chefe pede, sempre que ele está por perto você fica todo “falinhas mansa” e “meiguinho” com o objectivo de transparecer que é um tipo porreiro e agradável. Porém com os colegas e colaboradores assume um tom superior, sarcástico e de gozo sempre que interage com eles. Normalmente vê estes colegas e colaboradores como o “bode expiatório” para o Sinal nº 8.

Sinal nº 10 – Deixa o seu Ego fatalista comandar a sua vida

Para si, todos são covardes e injustos pois é a pessoa mais querida deste mundo. Ninguém lhe dá o verdadeiro valor que você tem. No fundo toda esta encenação serve para escamotear a forma como os outros o vêm quando não consegue concretizar o seu Sinal nº 4.

Obrigado por me acompanhar nesta leitura.

Conclusão final

Se com este artigo ficou um pouco mais conhecedor sobre como evitar verdadeiros sinais que o vão atrapalhar no caminho do sucesso, então termino com duas simples perguntas: “Este artigo foi esclarecedor? Ajudei a identificar alguma coisa que queira mudar?

Se não sabe como fazer isso, que tal experienciar como o Coaching pode ajudar? Marque já uma sessão Gratuita de Coaching comigo?

Muito obrigado por ler o meu artigo.

Conheça a Fórmula que muda a forma de ser.

Pense nisso!

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Gostou do Artigo?
O seu feedback é muito importante:
Clique em ->

Conversa de Elevador

Setembro 26, 2008

Não é uma fórmula mágica, até porque na arte das vendas, não existem. Mas pode…

Hoje trago-vos algumas dicas para conseguir obter mais alegria enquanto vende e claro, mais lucro…

%d bloggers like this: