Na semana passada escrevi ESTE ARTIGO sobre como trabalhar arduamente para atingir sucesso, artigo que recomendo vivamente a leitura. Porém nem tudo é um mar de rosas como se pensa e mesmo quando se atinge o sucesso, é preciso trabalhar ainda mais duro para que se mantenha no topo. Por isso, esta semana, vou falar dos sete pecados mortais do sucesso. Conhecendo o que pode correr menos bem, ajudará a criar as defesas necessárias.

Pecado mortal nº 1 – Ter medo de ser julgado

Quem disse ou onde está escrito que quando se chega ao topo não é possível ser criticado ou julgado pelos seus clientes, colegas ou sócios? Não é por que chegou lá acima, que automaticamente adquire o estatuto de intocável. Tenha consciência que ser julgado é parte do processo. Quando se enfrenta as criticas como uma forma de avaliação constante, reforça ainda mais o seu estatuto.

Pecado mortal nº 2 – Não ter uma visão

Também pode traduzir a visão por objectivo e/ou motivação. Sem uma visão claro do que será o seu futuro, não conseguirá manter-se no caminho trilhado rumo ao sucesso. Lembre-se que se não sabe por que caminho seguir, então qualquer caminho serve e o destino não tem significado nenhum.

Pecado mortal nº 3 – Acreditar que é único

Tenha em mente um ditado chinês que diz qualquer coisa como “Tudo que foi inventado, pode ser copiado, modificado, melhorado e vendido mais barato”. Por isso muito cuidado com a concorrência. Eles podem perfeitamente criar algo muito semelhante e a preços mais competitivos. Ignorar este item pode significar fechar as portas e perder tudo.

[bctt tweet=”Tudo que foi inventado, pode ser copiado, modificado, melhorado e vendido mais barato” username=”werlacher”]

Pecado mortal nº 4 – Vitimização

Sim há quem depois de chegar ao topo e conhecer o sucesso, comece a culpar os outros, ou seja, sofre da síndrome do Calimero. O sucesso é o motor que faz as pessoas acreditarem que possuem a força necessária para continuar a enfrentar todas as adversidades e ultrapassá-las.

Pecado mortal nº 5 – Apatia

É uma consequência do pecado anterior e por isso torna-se um pecado per si. Quando não há força mental e anímica para ultrapassar os problemas isso pode levar a um estado de apatia e inacção total sobre o que, e como, tem que ser feito. Quando a apatia toma conta de si ela tolda-lhe a visão e enubla todo o seu caminho. Muito cuidado com este pecado.

Pecado mortal nº 6 – Ingratidão

Ninguém consegue percorrer um caminho árduo como o do sucesso sem ajuda. O problema é que poucos são os que, quando lá chegam, lembram-se das pessoas que o ajudaram e passa a ser um lobo solitário. Quando isso acontece, todos os pecados anteriores podem assolar a pessoa de uma vez e mandar tudo abaixo. Reconheça e agradeça a todos os que o ajudaram a chegar ao topo. Eles vão continuar a ser uma grande ajuda, mesmo.

Siga o Venda Melhor nologo_b

Pecado mortal nº 7 – Indisciplina

Não é por que chegou ao topo que agora é curtir a grande, esbanjar tempo, dinheiro, esforço em coisas que não vão contribuir para mantê-lo lá em cima. Há espaço para a diversão, há espaço para alguma indisciplina pontual, há espaço para relaxar. Mas também deve continuar a haver uma grande fatia de tempo e esforço para trabalhar na manutenção do sucesso.

Conclusão final

Termino com uma simples pergunta: “Agora que conheceu como estes sete pecados podem estragar todo o sucesso obtido, que tipo de profissional você realmente quer ser?

Muito obrigado por ler o meu artigo. Se gostou deste artigo e reconhece que a partir desta informação aprendeu alguma coisa, imagine o que poderá beneficiar e aprender se me contratar como Coach onde posso ajudá-lo a ser (ainda mais) melhor profissional.

Se tem dúvidas se pode funcionar consigo, solicite a sua consulta de 30 minutos gratuita, tenho a certeza que depois de conversarmos, vai reconhecer o quanto isso é necessário.

Conheça as condições e o como funciona a minha Fórmula que muda a forma de vender.

Se não gostou do artigo, partilhe com a sua concorrência. Eles vão adorar aprender como ser melhores e saber como vencer no mercado.

Para a semana trago um novo tema para um artigo que o vai ajudar a ser melhor profissional.

Só me resta dizer uma coisa: Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber quem é você e qual a sua avaliação sobre o que leu. A melhoria contínua só acontece com o seu feedback.

Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Se gostou do Artigo deixe o seu comentário:
Clique em ->

Eu sou contra o novo acordo ortográfico.

Tagged on:         

Wilques Erlacher

Coach de Desenvolvimento & Transformacional, membro da ICF – International Coach Federation com o nº 9120494 e Director de Vendas na Saphety (empresa do Grupo Sonae). Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. Fui Presidente da Direcção na OV-APPV Associação Portuguesa dos Profissionais de Vendas e trabalhei na Petrogal (actualmente Galp Energia), na Agência Reuters Portugal, na Bull Portuguesa, na Novis Telecom e Mainroad (grupo Sonaecom). Sou keynote speaker, formador e mentor de equipas de vendas, desenvolvi e pratico a metodologia "Venda Melhor – A Fórmula que muda a forma de ser". Trabalho como Coach no desenvolvimento de profissionais em clientes empresarias em Portugal, Colômbia, Brasil, Espanha, França, Itália, Quénia e Cazaquistão. Acredito que há um potencial a ser trabalhado em cada um dos meus clientes, de forma única. O meu lema é “Coaching: It’s all about execution!” Quer falar comigo sobre como ser melhor profissional? email: we@wilqueserlacher.com Skype: w.erlacher telefone: +351 932 558 558