Quando pensar demais só atrapalha

No é maravilhoso quando conseguimos fazer “aquela” pergunta que faz o cliente parar e ficar a pensar de forma profunda e, quase, incapaz de encontrar a resposta. Chamamos a isso o momento “ah-ah”. A partir daí tudo muda para melhor.

No entanto, nos negócios quando enfrenta uma situação complexa e fica a pensar demasiado tempo sem tomar uma decisão, isso pode custar dinheiro, principalmente a perda dele. Já lidei com várias situações onde as minhas clientes de coaching não avançavam com os seus negócios por estarem presas a dogmas e pensamentos sem nenhum fundamento, tais como “o que a minha família e amigos vão pensar de mim?” ou “como vou ter certeza que estou a tomar a decisão certa?” ou “será que ao tomar uma decisão vou me arrepender depois?”.

Frases como estas já passaram pela sua cabeça? Então não se preocupe. Isso faz parte da natureza humana e ninguém está imune. Problema é quando estas frases entram na cabeça e bloqueiam o avanço. Bloqueiam decisões que podem mudar a sua vida de forma positiva e bloqueiam o realizar de sonhos. Depois aparecem os arrependimentos tardios que são caracterizados por “Se eu tivesse feito assim, teria sido diferente” ou “ah, como eu gostava de ter tomado a decisão. Estou tão arrependida” ou pior ainda “se não fosse a estupidez de ter ficado a pensar demasiado, o negócio não tinha sido ganho pela minha concorrência.

Porque isso acontece? Porque ficamos presos a pensar demasiado?

Especialistas indicam que, na maioria dos casos, o pensamento excessivo é resultado de uma depressão ou de ansiedade. Saber lidar com esses dois elementos pode, em alguns casos, resolver o seu problema de pensar demasiado.

Como posso parar de pensar demasiado num problema ou situação?

Na maioria das vezes experiências anteriores com alguma semelhança à actual podem ser a raiz do problema. Não é possível mudar o passado, mas pode decidir usar isso como parte da aprendizagem de vida e, com base na lição aprendida, remodelar a forma como vê o problema e como vai agir. Quando aceitar que o passado não pode ser mudado, está a eliminar arrependimentos e ressentimentos desnecessários da cabeça.

Seja o dono e senhor dos seus pensamentos

Tive uma cliente que me trouxe numa sessão o problema de “achar” que tinha demasiadas coisas por fazer e ao pensar que tinha “tanta coisa” bloqueava, ficava depressiva e desatava a chorar por ser incapaz de sair desta espiral descendente.

A forma como resolveu o seu problema passou primeiro por pegar numa folha de papel e numa caneta e listar tudo o que ela “achava ser tanta coisa”. Depois de listar, foi necessário que ela passasse a analisar cada uma das tarefas e dar uma prioridade a cada uma delas, sabendo que, por dia, só poderia dar a prioridade máxima a três tarefas, média a duas tarefas e baixa ao resto. Por fim, definiu quando é que ela atacaria cada uma das tarefas, sendo que as prioritárias deveriam ser as primeiras a ser resolvidas logo de manhã, as medias a seguir e as baixas depois. Passado um mês de criar este novo hábito, o sorriso voltou ao seus lábios e acabou por descobrir que sobrava tempo para ela ir caminhar a pé pelo bairro e conversar com as amigas ao telefone. Foi tudo uma questão de passar a ser a dona e senhora do seus pensamentos.

Preocupe-se somente com o que pode controlar

Lembra-se do que exemplifiquei acima sobre ficar preso no que os outros vão pensar? Primeiro deve parar e analisar, e se possível, listar o que está a pensar. Em seguida, na sua perspectiva é possível mudar ou controlar o resultado? Só consegue mudar o resultado sobre as coisa que consegue controlar. Isso também se aplica a gestão do seu negócio. Quando as coisas parecem estar a desmoronar ou falhar, não fique preso ao que está além do seu controle ou o que gostaria de poder controlar. Avalie cuidadosamente a situação e veja quais etapas lógicas pode seguir para atingir os definidos e avance.

Domine os seus receios

É o medo que estimula a mente e cria pensamentos excessivos. Pode ser o medo do que os outros dirão, de como os outros pensam, o medo de cometer erros, de não ser bom o suficiente para vencer ou medo de perder. Essas preocupações têm o potencial de bloquear a decisão e fazer com que pense demasiado. A imaginação pode facilmente pintar imagens de dor e sofrimento. A fantasia de como as coisas podem vir a ser pode gerar medo e causar reflexão excessiva.

Para contornar e fazer alterações ao seu estilo de gestão e trabalhar de maneira diferente, entre em contato comigo. Irei ajudá-lo a obter uma clareza cristalina de onde EFECTIVAMENTE deseja estar, trabalhar os bloqueios que impedem o avanço, rever o seu posicionamento, objectivo, prazos e vai sair com ideias, opções, inspiração e plano de acção para que isso aconteça.

Dê o primeiro passo agora clique aqui para contactar-me e termos uma conversa informal por WhatsApp ou ligue para descobrir como eu posso ajudá-lo. Pode entrar em contato comigo através do formulário de contato aqui.

Lembre-se que:

Coaching é para quem QUER ser melhor!

Muito obrigado por ler o meu artigo.

Pense nisso!

Quando pensar demais só atrapalha

Coach Wilques Erlacher

ACC Coach Credenciado pela ICF. Especializado em Coach de Desenvolvimento & Metafórico e Presidente do Conselho Fiscal da ICF Portugal. Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. O meu lema é: “Coaching não é para quem precisa, é para quem quer ser melhor” Os meus contactos são: email: we@wilqueserlacher.com || Skype: w.erlacher || Tel: +351 932 558 558

WhatsApp chat