As competências fundamentais para o sucesso

As competências fundamentais para o sucesso

É alguém que gosta realmente de solucionar os problemas ? É alguém que trabalha para o sucesso dos seus clientes? Sabe como alcançar os seus objetivos e os da sua empresa? Sabe estabelecer metas desafiadoras e atingíveis? Sabe quais os meios que precisa de dispor para os alcançar? Quanto está disposto a investir em si próprio para melhorar a capacidade de resolver os problemas dos seus clientes?

Quando pensar demais só atrapalha

Quando pensar demais só atrapalha

É o medo que estimula a mente e cria pensamentos excessivos. Pode ser o medo do que os outros dirão, de como os outros pensam, o medo de cometer erros, de não ser bom o suficiente para vencer ou medo de perder. Essas preocupações têm o potencial de bloquear a decisão e fazer com que pense demasiado. A imaginação pode facilmente pintar imagens de dor e sofrimento. A fantasia de como as coisas podem vir a ser pode gerar medo e causar reflexão excessiva.

Os 7 pecados mortais nas vendas

Os 7 pecados mortais nas vendas

Os 7 pecados mortais nas vendas
Todos conhecem os 7 pecados mortais: Soberba, Avareza, Luxúria, Inveja, Gula, Ira e Preguiça. Os conceitos incorporados no que se conhece hoje como os sete pecados mortais tratam de uma classificação de condições humanas conhecidas atualmente como vícios, que precedem o surgimento do cristianismo, mas que foram usadas mais tarde pelo catolicismo com o intuito de educar os seguidores, de forma a compreender e controlar os instintos básicos do ser humano e assim se aproximar de Deus.

Argumentos para combater objecções

Argumentos para combater objecções

Argumentos para combater objecções
Todos que trabalham com vendas conhecem o que é uma objecção. Todos que tentam vender alguma coisa a alguém conhecem o poder destruidor do “NÃO”. Sempre que liga para um potencial cliente, principalmente quando faz uma chamada fria, sabe o quão desmotivante são as frases “Não estamos interessados” ou “já temos um fornecedor deste produto” ou ainda “agora não é o melhor momento”.

Descontos, suicídio ou morte acidental?

Descontos, suicídio ou morte acidental?

Descontos, suicídio ou morte acidental?
É verdade que o consumismo nunca foi tão exagerado e assoberbado como agora. É possível, com um clique, comprar uma roupa até mesmo um carro e, para chamar a atenção de potenciais clientes, a primeira palavra que aparece é “DESCONTO”. Invariavelmente é impossível não dar uma “olhadinha” pois quem sabe se não é uma pechincha? Mas será que o desconto é mesmo real? Já vamos falar mais sobre isso.