Você ajuda a construir ou só gosta de mandar abaixo?

by

Se é um leitor assíduo dos meus artigos, já sabe que peço sempre no final do artigo para deixar a sua opinião se gostou ou não do que leu. Nas respostas que recebo, em 99% delas as pessoas gostam do artigo, mas há sempre 1% que diz que Não gostou do assunto e que Não partilharia o artigo com um amigo ou colega. Esta percentagem faz-me pensar, não porque eu queira que todos gostem de tudo o que escrevo, mas sim para entender por que razão algumas escrevem comentários tão críticos. Já notei uma característica em todos eles, nunca deixam um contato de email ou nome. Seria interessante se deixassem, principalmente porque assim dava-me a oportunidade de poder trocar algumas ideias com estas pessoas para entender o que realmente não lhes agradou.

Apesar desta longa introdução, o que eu trago esta semana não é um artigo para falar do meu umbigo, mas sim continuar a explorar um pouco mais o tema da semana passada (Desistir ou não de ser vendedor?) para ajudar a entender e esclarecer porque os alguns vendedores quando a situação está a seu favor são pessoas alegres e cheias de energia e quando as coisas correm menos bem gostam de ver o lado negativo da profissão e mandam tudo abaixo. Uma personalidade bipolar? Será que é assim com todos os vendedores? Será uma característica universal do ser-humano? Venha comigo agora explorar um pouco mais os principais sintomas disso.

Somos seres ego maníacos

Eu acho que sim. Somos animais que necessitamos de ter regularmente o ego massajado. Gostamos de nos sentir necessários e valorizados em (quase) tudo. Quando isso não acontece sentimo-nos deslocados, há um desafio ao nosso equilíbrio mental e emocional, ficamos inseguros e com a sensação de sermos atacados no nosso instinto mais primário de sobrevivência.

Gostamos de ser vítimas

Queremos colinho, mimos e carinho. Fizemos isso quando criança com os nossos pais e fazemos isso agora que somos adultos com os nossos cônjuges e/ou parceiras(os). Mas será que isso funciona no mundo profissional? Não acredito nisso. Já escrevi sobre a Atitude Positiva num outro artigo intitulado Dicas para nunca perder uma venda, onde apresento várias razões para não nos armamos em vítima. É de leitura obrigatória.

Como revolucionamos e somos melhores?

A primeira coisa que devemos fazer é mudar a forma como vemos as coisas. Sermos mais OTIMISTAS não significa sermos imbecis. Significa procurarmos o que há de bom em tudo o que nos rodeia e acontece, mesmo quando nos surge um problema. No meu trabalho sempre que entra um novo colaborador na minha equipa eu dou-lhe os seguintes conselhos:

1) Não me interessa nada o que faz e acontece na vida dele da porta para fora. Mas quando ele entra na empresa deve obrigatoriamente deixar a porta da entrada todas as manias, problemas, relações amorosas complicadas ou não, filhos, diversão e problemas pessoais. Ali dentro temos todos a missão de fazer crescer o negócio e somente com o foco e determinação em atingir os objetivos propostos é que conseguiremos, juntos, vencer.

2) Dentro da empresa devemos ser os melhores colegas uns dos outros. O trabalho dele tem uma relação direta com o de uma série de outras pessoas. Quando ele ajuda, é ajudado. Quando ele prejudica, prejudica a todos. Para cada ação há uma reação. Está nas mãos dele saber usar e praticar as boas ações.

3) Dentro da empresa não há “gosto deste” ou “não gosto daquele”. Podemos escolher o parceiro ou parceira com quem vamos passar o resto da nossa vida, mas não podemos escolher a sogra. Podemos escolher a melhor casa do mundo para morar, mas não podemos escolher os vizinhos. Podemos escolher o melhor restaurante do mundo para comermos, mas não podemos escolher as pessoas que sentam na mesa ao nosso lado. Dentro da empresa, temos que aceitar todos como são. Não há volta a dar. Há pessoas excelentes e há pessoas que vão fazer de tudo para nos deitar abaixo. Se a nossa atitude for de ser “Esponja” e absorver o impacto e não de “Espelho” que reflete aquilo que recebe vamos ter mais a ganhar do que a perder.

No meu entender são 3 importantes conselhos que ajudam a pessoa rapidamente a se integrar no grupo e ser produtivo.

A segunda coisa a fazer é encontrar o que não está visível. Aqui o que devemos ser é REALISTAS. Questionarmos o porque que isso está a acontecer. Se puder usar um exemplo interessante, é sair da visão da “folha” e ver a dimensão da “árvore”. Quando fazemos isso, surgem-nos na cabeça formas diferentes e mais abrangentes de ver o problema como um todo e não somente no particular. Depois disso é entendermos o que podemos aprender com esta situação? O que aconteceu antes para chegar até este ponto? Passamos a ver de modo mais frio e objetivo todos os pontos e como eles se relacionam. Com esta clarividência a obtenção de uma solução fica mais visível e evidente.

A terceira e última coisa a fazer é ver muito mais além. Aqui o que devemos ser é ORIENTADOS PARA A SOLUÇÃO. Depois de olharmos para a “árvore”, agora é altura de irmos mais além e olharmos para a “floresta”. Aqui a visão é de futuro, o problema inicial tornou-se muito pequeno e a nossa resiliência aos problemas é muito mais forte. Passamos a antever os potenciais problemas. Temos consciência do que nos pode acontecer com muita antecedência. Já há na nossa mente uma lista de Ação <-> Reação <-> Resultado. Compreendemos e antecipamos resultados para sermos mais bem-sucedidos.

São ideias simples que já apliquei e sei que resultam. Espero que também lhe ajude a ver a vida e a profissão de uma forma menos dura.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber qual a sua avaliação.

Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterPesquisa no GoogleOutro site
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNãoProvavelmente
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Permita-me saber quem é Nome:
e-mail:
Gostou do Artigo?
O seu feedback é muito importante:
Clique em ->

[email_link]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Desligue o computador

Outubro 11, 2009

Penso que deve concordar comigo, quando digo que a internet, as redes sociais e todos…

Não controle, Influencie

Março 4, 2012

Você pode dizer aos seus colaboradores o que fazer. Você pode dizer aos seus colaboradores…

%d bloggers like this: