Conhece o impacto das métricas no seu negócio?

De certeza que conhece um ditado popular que diz: “em tempos de guerra não se limpam as armas”, que aplicado a uma empresa significa, mais ou menos, que quando as coisas correm bem, não precisa de mexer ou controlar.

Concordo que quando o dinheiro entra sem ter que fazer muito esforço, para quê estar a se preocupar. O problema é quando as coisas começam a correr menos bem. Nesta altura o empresário, que está com a corda no pescoço, começa a tentar encontrar o motivo por quê está tudo a correr mal. Aí já vai ser muito tarde. O leite já está derramado…

Siga-me pelologo_b

Em janeiro deste ano escrevi este artigo “7 métricas que o seu negócio não pode deixar passar” onde abordo um pouco sobre métricas, mas hoje vou abordar uma visão um pouco diferente, pois muitos acham que a definição de métricas para controlar o negócio é mais uma ferramenta de microgestão, e que não servem para nada. Acredite que em tudo na vida é preciso estabelecer métricas. Fazer isso permite entender os quatro elementos-chave do sucesso do negócio: previsibilidade, responsabilidade, gestão do tempo e crescimento do negócio.

1 – Previsibilidade

Segundo o dicionário, previsibilidade é seguir uma conduta, sabendo que, se agir assim, poderá ter como consequência um resultado expectável. Assim sendo, a previsibilidade deve ser o principal motivo para criar métricas.

Existem dois tipos de métricas que são imprescindíveis no seu negócio: a de contactos feitos e a de negócios fechados.

1) Contactos feitos: planeie fazer 10 contactos por dia, dos quais vai tentar que 4 destes falem consigo e no final fazer 1 proposta.

2) Negócios fechados: suponhamos que consegue fechar metade das propostas apresentadas, o que resultará em 2,5 fechamentos por semana ou 10 novos negócios todos os meses.

2 – Responsabilidade

Nada que foi apresentado no ponto anterior faz sentido se não assumir a responsabilidade sobre o resultado dos seus actos. Como se sentirá se chegar ao final do dia e ver que nada aconteceu, tudo porque não fez o que deveria ter sido feito? Mais detalhes sobre esta métrica, leia este artigo: Sabe aceitar a responsabilidade pelo seu sucesso profissional?

3 – Gestão do tempo

Um dos maiores problemas que ouço dos meus clientes de Coaching é que nunca têm tempo suficiente para “fazer tudo” o que é necessário. Gerir o seu negócio e continuar a crescer, só é possível quando a venda acontece. Só com um entendimento profundo das métricas e do que é preciso fazer todos os dias na Gestão e nas Vendas, conseguirá atingir os resultados desejados.

4 – Como cresce o negócio

Medir como cresce o negócio é fundamental para ter noção da sua vitalidade e longevidade. Para melhor entender como pode crescer, deixo uma dica sobre o que impede o crescimento. Por isso sugiro a leitura de deste artigo: 4 motivos que impedem o seu negócio de crescer.

Conclusão final

Quer acompanhe as atividades ou não, entenda uma coisa muito importante: se  realmente deseja prever o futuro, seja dedicado as métricas da sua atividade e mais fácil será conseguir potenciais clientes a fechar mais negócios. Se depois de ler este artigo quer conhecer como posso agir de forma positiva na sua empresa ou nos colaboradores da sua empresa, o primeiro passo é agendar uma conversa comigo sobre como poderei ajudar.

Coaching não é para quem precisa. É para quem quer ser melhor!

Muito obrigado por ler o meu artigo.

Pense nisso!

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterGoogleLinked InFacebookTwitter
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNão
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Nome: email:
Se pudesse fazer-me uma pergunta, qual seria?
Clique em ->
Conhece o impacto das métricas no seu negócio?
No tags for this post.

Coach Wilques Erlacher

ACC Coach Credenciado pela ICF. Especializado em Coach de Desenvolvimento & Metafórico e Presidente do Conselho Fiscal da ICF Portugal. Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. O meu lema é: “Coaching não é para quem precisa, é para quem quer ser melhor” Os meus contactos são: email: we@wilqueserlacher.com || Skype: w.erlacher || Tel: +351 932 558 558