10 Motivos para abandonar imediatamente a profissão de vendedor

by

O que? Então agora que gastei imenso tempo a conseguir um emprego como vendedor, diz-me que afinal eu não devo exercer esta profissão? Sim, esta semana venho apresentar o que considero ser os piores defeitos que um vendedor tem e, se após ler o artigo verificar que comete alguns destes erros, então está na hora de começar a mudar de atitude ou então simplesmente deixar a profissão. Ser vendedor já não é uma profissão que quando alguém não sabe o que fazer na vida, então infelizmente torna-se vendedor. Acabou o tempo dos “seres” que por ter dois dedos de goela para falar, acham que “nasceram” vendedores. Já não é assim.

Mas chega de conversa e vamos então aos 10 motivos:

1. Você não tem sentido de urgência

Tal como não existe uma segunda oportunidade para criar uma primeira boa impressão. Não existe uma segunda oportunidade de vender para alguém que sai pela porta a fora sem comprar. Uma vez o cliente saia da loja ou do seu escritório acredite que a probabilidade dele voltar é zero. É uma oportunidade única. Quando ele entrou pela sua loja ou escritório, ele já viu e ouviu outros concorrentes seus, mas AINDA não viu o seu. Por isso ele está a espera de ficar completamente deslumbrado e convencido que você TEM o que ele precisa. Ele tem que perceber que ao sair sem comprar está a “PERDER” a grande oportunidade da vida dele. Se o seu cliente não sentir isso, ele não vai comprar.

2. Você está convencido que tem o controle de tudo

Ainda é dia 15 do mês e você está muito confiante que até ao dia 30, todas as suas vendas serão realizadas e que vai cumprir os seus objetivos de vendas. Mas de repente chega dia 25 e desde o dia 15 que não vendeu absolutamente nada. E agora? Agora é como diz a publicidade do banco “Agarre-se ao Totta(1)”. Nunca acredite que tem o domínio de tudo. Para cada venda que considera certa, tem que ter pelo menos outras 3 como backup para o caso da “tal” venda não acontecer. Se achar que 3 é pouco, então suba para 5 o número de outras propostas que podem substituir uma que não seja fechada.

3. Você é um padre

Conhece o ditado: “Faça o que mando mas não faça o que faço”. Pois é, se está interessado em melhorar e ser realmente um vendedor, pare de dar conselhos sobre como os outros fazem e passe a seguir os bons exemplos de quem tem sucesso. Trate do seu jardim cheio de mato e ervas daninhas, antes de dizer que o jardim dos outros é que está sujo.

4. Você é um professor de clientes

Os seus clientes não estão minimamente interessados no seu grau de conhecimento ou opinião sobre qual é o Smartphone ideal para ele comprar. Os seus clientes já sabem o que querem. O seu trabalho agora é descobrir quais são as últimas dúvidas e dilemas que possam existir antes de concretizar o negócio. Os seus clientes, quando entram pela porta da sua loja, já tem a cabeça cheia de bons motivos para não te ouvir e não aceitarem as suas sugestões do que devem comprar.

5. Os seus clientes não gostam de ti

Quantas vezes conheceu alguém e no segundo que trocou um olhar pensou “Não gosto desta pessoa”? isso acontece com toda a gente e as pessoas que te conhecem não são diferentes de ti. Não acredite que estatísticas ou análises de mercado ajudam a vender. Não. Já disse em outros artigos um ditado que conheço muito bem “As pessoas compram de outras pessoas… que gostam!”. Somente conseguirá vender o que vendem a quem gostar de ti. Se ela não simpatizar contigo, você até pode vender o melhor produto do mundo e algo que o seu cliente realmente precisa, mas ele não vai comprar de ti. Neste artigo dou alguns exemplos de como fazer os seus clientes te “amar”.

6. Se não demonstrar não vende

Esta semana ouvi na rádio um anúncio de uma grande cadeia de venda de eletrodomésticos que pela primeira vez (pelo menos para mim é), um cliente pode escolher um eletrodoméstico para levar para testar em casa durante 30 dias e se no final deste período não gostar, pode devolver o produto e não terá que pagar absolutamente nada. Quantas pessoas você acha que vão devolver o produto que levou para casa? Hoje em dia se um cliente não testar antes de comprar, acredite que não vai comprar.

7. Você tem medo de perder negócios

Sabe qual o vendedor que nunca perdeu um negócio? O que nunca fez uma proposta comercial. O segredo dos vendedores de sucesso é que para cada proposta que ganharam, perderam dezenas delas. Se quer perder o medo de estar a não ganhar alguns negócios e assim comprometer as suas metas, então saia para a rua a vá vender. Não sabe como leia este artigo “Quer aprender a vender, então saia para a rua.”

8. Se não envolver, não vai vender

Conhece a palavra “Emoção”? A tradução dada pela Wikipédia é: Emoção é uma experiência subjetiva, associada ao temperamento, personalidade e motivação. Os maiores especialistas em venda por este mundo a fora dizem sempre que por detrás de qualquer “Razão” para comprar o que na verdade existe é uma “Emoção” ou a necessidade de satisfazer um sentimento. Por isso se você não consegue que os seus clientes sintam-me ligados pela emoção ao seu produto ou serviço, não vai conseguir vender. Leia também este artigo “A importância das relações duradouras” pois ele contém mais dicas-

9. Está focado no problema e não na oportunidade

Conhecem a piada do vendedor que no primeiro dia de trabalho vendeu praticamente a loja toda a um cliente? Leia AQUI então. Uso este exemplo para lhe dizer que nem sempre o que o cliente diz, é realmente o que ele quer no final. A sua função é fazer as perguntas exploratórias necessárias para conhecer REALMENTE qual a intenção de compra do seu cliente. Leia este artigo relacionado com este tema. Três maneiras de aumentar os resultados das suas vendas.

10. Você não está a comprar está a vender

Sabe o que mais afasta um cliente do seu produto? É quando o cliente faz uma pergunta sobre o produto, e você como bom vendedor responde: “eu no seu lugar era isso mesmo que compraria!” ou então “Fica-lhe muito bem! Assenta que nem uma luva.” Quando escrevi este artigo “Caro vendedor, por favor deixe de mentir” era justamente para explicar que a função do vendedor é descobrir o que fica bem para o seu cliente, se ele assim entender que fica bem. Você é somente o intermediário entre o que ele gosta e acha que fica bem e o lucro da sua empresa. Mais nada.

Se por acaso reconhece que a sua atitude encaixa em alguns (ou todos) estes exemplos, então é a altura certa para corrigir os erros que comete ou, se não quiser corrigir, abandonar de vez a profissão. Você não nasceu para isso.

 

(1)Banco Totta que lançou uma campanha publicitária que incentivava as pessoas que estavam em dificuldades financeiras a pedirem empréstimos pessoais. A expressão “Agarre-se ao Totta” virou um dito popular em Portugal.

Pense muito

Setembro 12, 2008

Estamos a enfrentar tempos difíceis. As rápidas mudanças que acontecem no mundo, e cada nova…

Duas dicas poderosas

Março 13, 2010

Esta semana trago não uma mas duas dicas que poderão ajudar a conseguir mais vendas.…

Sabe aceitar uma critica?

Outubro 15, 2017

A definição de crítica é: O termo “crítica” provém do grego kritikē (κριτική), que significa (a arte de)…

%d bloggers like this: