Dez lições básicas que deve saber para lidar com o seu chefe

Este é (para já) o último artigo que escrevo sobre liderança. Para a semana começo um novo tema (que ainda é surpresa) que o vai, como sempre, ajudar a ser um melhor vendedor.

A questão que vou abordar até o final do artigo é: “Sabe como lidar correctamente com o seu chefe?

Pode parecer estranho, mas normalmente um vendedor pensa que o chefe só serve para ouvir as reclamações e, de vez em quando, falar sobre aumento de salário. As dicas que apresento a seguir podem fazer toda a diferença para conseguir que as suas necessidades e questões sejam respondidas. São elas:

Dica nº1 – Tenha reuniões um-para-um de forma regular

As reuniões de grupo são muito úteis quando estão a tratar de temas que são de aspectos genéricos e que ajudam todos a melhorar. Mas quando estamos a falar de melhoria pessoal, é muito importante que solicite, de forma regular, uma reunião a sós com o seu chefe onde poderá de forma mais aberta abordar temas que só a si dizem respeito. É nestes momentos a só, o ideal para conseguir discutir os temas que estão relacionados aos seus clientes e aos seus problemas em concreto.

Dica nº 2 – Tenha uma agenda pré-acordada

Poderá usar esta dica de duas formas. 1) Se for na reunião de grupo com outros colegas e você precisar que alguns temas sejam incluídos, envie a sua agenda de pontos que quer abordar e solicite que ele adicione estes pontos a agenda global da reunião ou 2) Se for na reunião um-para-um envie a agenda com os pontos que quer abordar a sós. Ao fazer isso está a dar a oportunidade dele obter respostas a alguns dos pontos que apresentar. Quando não partilha a sua lista de pontos a tratar, irá ver alguns dos pontos ficar sem resposta pois ele não saberá, já ali, responder as questões. Assim poderá perder uma oportunidade de ouro de ter a solução para os seus problemas mais urgentes.

Dica nº 3 – Seja curto, grosso, sucinto e específico

O pior que pode acontecer numa reunião com o seu chefe é ver o seu discurso ser cortado a meio só porque você não sabe resumir o que quer ao essencial e necessário. Se o seu tempo vale dinheiro, o do seu chefe vale no mínimo o dobro do seu. Seja rápido, directo e conciso a expor a sua necessidade para que atinja directamente o objectivo final. Corte caminho pois conversas longas e sem propósito ou objectivo não resolvem nada. Só atrasam a vida.

Dica nº 4 – Leve um problema… e uma sugestão de solução

A importância de você, para cada problema, apresentar uma ou duas potenciais soluções fará o seu chefe vê-lo como alguém que também se preocupa com a capacidade de decisão que ele precisa ter. Problema “A”? então apresente como opção as soluções “B” ou “C”. O seu chefe até pode ver uma outra solução através da opção “D” que, depois de analisar bem as suas opções, decidiu que era melhor a aplicar ao problema. Seja reconhecido como um potencial solucionador de problemas e não por alguém que só saber reclamar e exigir.

Dica nº 5 – Se correu mal, seja você o primeiro a falar

Meteu a pata na poça? Então que seja você a primeira pessoa a explicar ao seu chefe o que aconteceu e como deu errado. Assim está a evitar a rádio-alcatifa, conversa de corredor ou da sala de café. Assumir os seus erros em primeiro lugar demonstra a sua maturidade e profissionalismo perante as adversidades. Errar é humano, mas esconder isso do seu chefe é burrice plena.

Dica nº 6 – Não peça ao seu chefe para determinar o que é prioritário no seu trabalho

Você deve ser um profissional que é obrigado a ter as suas tarefas organizadas. Se não consegue organizar o que tem mãos e muito menos o que tem para fazer em grupo, então as coisas vão muito mal. Recorrer ao seu chefe para que seja ele a dizer o que deve ou não deve fazer primeiro, é uma demonstração de total incapacidade de gerir e controlar as suas tarefas. Não acredito que queira ser reconhecido pelos seus colegas e pelo seu chefe como o trapalhão e confuso. Certo?

Dica nº 7 – A atitude positiva é 99% do processo

Não conheço ninguém que goste rodeado de pessoas negativas e que passam o tempo todo a reclamar de tudo e de nada. Se quer realmente ser visto pelo seu chefe como alguém de confiança, então comece por assumir sempre uma atitude positiva perante os problemas e situações difíceis. Procure sempre o lado positivo das coisas. Mesmo quando tudo corre mal, há sempre alguma coisa que se pode aprender e prevenir que aconteça no futuro. Ou seja, como diziam os “Monty Pythons – Always look at the bright side of life”.

Dica nº 8 – Nunca se esqueça de incluir objectivos de carreira nas suas reuniões regulares

Todas as empresas de tamanho médio e grande utilizam de forma regular o processo de avaliação desempenho e desenvolvimento de carreira. Por isso quando chegar a altura destas reuniões de avaliação, leve os seus objectivos pessoais de melhoria da sua carreira profissional. Ao fazer isso está a demonstrar que está empenhado em melhorar o que já é bom a fazer.

Dica nº 9 – Ocasionalmente solicite feedback

Não espere pelas reuniões um-para-um para ficar a par do que o seu chefe pensa sobre a sua forma de trabalhar. Saíram de uma reunião com um cliente, façam uma análise criteriosa e minuciosa sobre o que correu bem, o que correu menos bem e tem que ser melhorado, o que disse correctamente, o que disse incorrectamente e precisa melhorar ou mesmo o que deveria ter dito e não disse. Quanto mais cedo e mais preciso for o feedback que o seu chefe lhe der, melhor será a sua atitude e positividade perante os problemas e desafios futuros.

Dica nº 10 – Diga ao seu chefe o que ele precisa fazer para que a sua carreira seja um sucesso

Não depende só de si o seu futuro profissional. O seu chefe tem uma influência brutal para o bem e para o mal. Seja você a negociar com ele quais os passos necessários para que você tenha sucesso. Compare isso a uma negociação com um cliente, pode estar numa negociação com ele para ter um aumento ou para lutar por uma promoção. Outra coisa muito importante e conseguir que a sua carreira esteja indexada ao do seu chefe. Se ele cumprir com o que negociou consigo, ele ficará bem perante os directores e você terá a certeza que está no bom caminho para atingir o sucesso que tanto deseja e procura.

Se gostou deste artigo e reconhece que a partir desta informação aprendeu mais alguma coisa, eu adoraria compartilhar informações mais detalhadas com você e/ou qualquer outra pessoa que você possa pensar que irá beneficiar se conhecer a minha Fórmula que muda a forma de vender.

E é isso. Para a semana trago um novo tema para um artigo que o vai ajudar a vender mais. Só me resta dizer uma coisa: Muito obrigado, pense nisso e boas vendas.

Agora que leu o artigo, deixe-me saber quem é você qual a sua avaliação sobre o que leu.

Quer ver o seu comentário na página principal do site, escreva o seu comentário sobre como este artigo lhe ajudou e se identifique com o seu nome e email.
Por favor preencha o pequeno questionário abaixo e carregue em enviar.

Complete a frase: VENDER É....
O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
Como chegou até ao meu site? NewsletterGoogleLinked InFacebookTwitter
Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNão
Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
Nome: email:
Se pudesse fazer-me uma pergunta, qual seria?
Clique em ->

Eu sou contra o novo acordo ortográfico.

Dez lições básicas que deve saber para lidar com o seu chefe
Tagged on:     

Wilques Erlacher

ACC Coach Credenciado pela ICF. Especializado em Coach de Desenvolvimento & Transformacional e Director de Vendas na Saphety (empresa do Grupo Sonae). Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. Fui Presidente da Direcção na OV-APPV Associação Portuguesa dos Profissionais de Vendas e trabalhei na Petrogal (actualmente Galp Energia), na Agência Reuters Portugal, na Bull Portuguesa, na Novis Telecom e Mainroad (grupo Sonaecom). Sou keynote speaker, formador e mentor de equipas de vendas, desenvolvi e pratico a metodologia "Venda Melhor – A Fórmula que muda a forma de ser". Trabalho como Coach no desenvolvimento de profissionais em clientes empresarias em Portugal, Colômbia, Brasil, Espanha, França, Itália, Quénia e Cazaquistão. Acredito que há um potencial a ser trabalhado em cada um dos meus clientes, de forma única. O meu lema é “Coaching: It’s all about execution!” Quer falar comigo sobre como ser melhor profissional? email: we@wilqueserlacher.com Skype: w.erlacher telefone: +351 932 558 558

error: Conteúdo protegido contra cópia!