Capítulo II – O dia seguinte

Capítulo II – O dia seguinte

Quando ia a caminho do prédio onde trabalho sinto o telemóvel tocar na mala. Paro e começo a procurar o desgraçado do telemóvel que mais parece desaparecer dentro das coisas que tenho na mala. Lá o encontrei, olhei para o número e não conheci a origem. Atendi e do outro lado uma voz feminina se identificou como sendo do secretariado da EAME e perguntar-me se era a Srª Maria Conceição Martins. Vinha a caminhar e de repente estanquei no meio do passeio. O coração começou a acelerar o batimento e com a voz meio engasgada disse “Olá. Sim sou eu. Em que posso ajudar?”

Capitulo I – a ideia do projecto

Capitulo I – a ideia do projecto

Chegava ao fim o almoço e alguém deixou um saco plástico cheio de jornais e revistas na esplanada que o empregado do restaurante trouxe para dentro. Como o movimento de louça para limpar não estava assim tão grande, fui ao balcão de entrada peguei jornal e fui até a parte de trás do restaurante, onde temos a casa de banho dos empregados, e sentada na sanita, abri o saco e tirei o jornal Expresso.

É a sua estratégia, estúpido!

É a sua estratégia, estúpido!

Começo por questionar o seguinte: quantos emails “frios” recebe todos os dias? Dezenas, centenas ou em alguns casos milhares.
Todos oferecem descontos, promoções, ofertas miraculosas e prémios se comprar. Quantos destes é que abre e realmente reage ao impulso? Zero? Um? Dois? Vai procurar onde cancelar o envio ou simplesmente marca como SPAM para nunca mais tenha a caixa de entrada do email abarrotada de lixo?

As atitudes que contribuem para a morte da sua empresa

As atitudes que contribuem para a morte da sua empresa

As atitudes que contribuem para a morte da sua empresa
Tenho vindo a insistir nos artigos que escrevo sobre a forma como os empresários enfrentam as adversidades no dia a dia da gestão das suas empresas. No entanto, vejo sempre alguns dos meus clientes de Coaching Empresarial cometerem os mesmos erros. Por isso resolvi listar a seguir as atitudes que mais comummente eles trazem para as nossas sessões de coaching.

4 motivos que impedem o seu negócio de crescer

4 motivos que impedem o seu negócio de crescer

4 motivos que impedem o seu negócio de crescer
Como tem sido apanágio destes meus artigos, a minha única intenção é apresentar ideias simples e claras que permitam identificar pontos de melhoria e/ou criar metodologias para corrigir algumas falhas. Assim sendo, esta semana quero apresentar 4 motivos que impedem o seu negócio de crescer.
Numa alusão (e paralelismo) a definição de insanidade, muitos empresários, empreendedores e vendedores continuam incessantemente a fazer a mesma coisa, agir da mesma forma e acreditar, piamente, que podem obter um resultado diferente.

O poder de uma proposta de valor

O poder de uma proposta de valor

O poder de uma proposta de valor
Como pode um empreendedor dizer se as propostas que apresenta são consideradas de valor ou um verdadeiro fracasso?
Na minha opinião os dois sinais mais reveladores são quando o seu potencial cliente deixa de responder aos seus e-mails e já não atende o telefone.
Outro sintoma que também demonstra que não a sua proposta não tinha valor nenhum, é quando (depois de muito tentar), consegue falar com o seu ex-potencial cliente e ele responde que afinal optou por outro fornecedor. É duro ouvir isso, certo? É uma sensação de levar um murro no estomago e sentir que o chão desapareceu, momentaneamente, debaixo dos seus pés.

Ideias de marketing para empreendedores

Ideias de marketing para empreendedores

Ideias de marketing para empreendedores
Todos aqueles que estão a trabalhar no seu próprio negócio são obrigados a gastar imenso tempo a tentar encontrar as melhores ferramentas para divulgar o seu negócio e conseguir angariar os primeiros (ou novos) clientes. Isso é um facto incontestável, pois se quer ganhar clientes, deve estar de forma consistente a “vender” o seu negócio.