Não deixe os seus potenciais clientes apodrecerem

Achou estranho o título do artigo? Ainda bem que parou por aqui para ler. Quero hoje falar do mau hábito que todos os empresários adoptam ao deixar as propostas aos seus potenciais clientes “apodrecerem” no seu funil de .

Não vou falar de rácios ou de número de propostas ganhas versus perdidas. Quero falar daquelas propostas que ficam a marinar no funil de vendas e, quando se lembra, vai ver o que aconteceu com ela, e ai, já apodreceu.

Toda gente sabe o que quer significa deixar algo apodrecer. Se isso acontece a frutas, comida e todos os géneros de alimentos, porque não haveria de acontecer com as propostas que ficam a popular o funil de vendas sem ter nenhuma ação?

Agora imagine que o seu negócio é igual a um supermercado. Todas as prateleiras apinhadas de produtos prontos para serem vendidos. Cada produto tem o seu próprio tempo de validade. Uns expiram dentro de dias, quando outros expiram várias semanas depois. Alguns podem ser consumidos de imediato e outros não.

Com esta metáfora, quer dizer que:

Nem todas propostas tem o mesmo prazo de validade

O mesmo deve acontecer as propostas no seu funil de vendas. As suas propostas tem de ter um prazo de validade e ao fim desse prazo, ou são consumidas (o negócio é fechado) ou são deitadas no lixo pois já começaram a ficar podres.

Não é possível esticar o prazo de validade

O prazo de validade nos bens alimentares serve para determinar o momento mais distante onde poderão aproveitar todos os nutrientes e vitaminas dos produtos. A partir desta data, a qualidade deteriora. No caso das suas propostas, se o prazo de validade está a atingir o fim, significa que os pressupostos e preços provavelmente já terão mudado e a solução proposta já não serve para resolver o problema identificado. Se calhar já não há sequer problema algum.

Nem verde nem madura demais

Imagine os seus produtos e serviços como uma fruta no expositor de um mercado. Se estiver muito verde, o cliente olha mostra algum interesse e até pode levar, mas só vai consumir dali uns dias ou semanas. Se estiver muito maduro, compra pouco pois sabe que não consegue consumir sem deixar estragar. Então como vender o produto no “ponto” certo? Simples. Fazendo as perguntas exploratórias que permitem identificar se existe orçamento disponível, se está mesmo com um problema e se “quer” mesmo resolver este problema. digo isso pois:

– Muitos clientes pedem propostas somente para “medir” o que o mercado oferece, a que preço e não compram nada.

– Outros pedem propostas detalhadas e com isso recebem a receita “de graça” sobre como resolver o problema.

– Há os que gostam de manter os fornecedores interessados em vender, pois são conhecidos como “bons clientes”, mas que nunca vão comprar nada a sua empresa, pois usam a sua proposta para baixar preço ao fornecedor actual ou para melhorar a qualidade do serviço prestado pelo fornecedor actual.

Por fim, o cliente que vai comprar o seu produto ou serviço tem de ser bem qualificado com perguntas directas e que não deixem duvidas sobre a sua vontade em resolver o problema.

Conclusão final

Se reconhece que precisa melhorar nestas competências, que gostava de corrigir algumas em si, que quer contornar e fazer alterações ao seu estilo de gestão e trabalhar de maneira diferente, entre em contato comigo. Irei ajudá-lo a obter uma clareza cristalina de onde EFECTIVAMENTE deseja estar, trabalhar os bloqueios que impedem o avanço, rever o seu posicionamento, objectivo, prazos e vai sair com ideias, opções, inspiração e plano de acção para que isso aconteça.

Dê o primeiro passo agora clique aqui para contactar-me e termos uma conversa informal por WhatsApp ou ligue para descobrir como eu posso ajudá-lo. Pode entrar em contato comigo através do formulário de contato aqui.

Lembre-se que:

é para quem QUER ser melhor!

Muito obrigado por ler o meu artigo.

Pense nisso!

    Complete a frase: VENDER É....
    O que captou o seu interesse no Artigo? Titulo do ArtigoPalavra-chavePesquisa Aleatória
    Como chegou até ao meu site? NewsletterGoogleLinked InFacebookTwitter
    Como classifica o interesse do Artigo? BaixoSuficienteBomMuito Bom
    Sugeria o meu site a algum amigo ou colega? SimNão
    Com que frequência visita o meu site? 1ª visita1 vez/semana1 vez/mêsMuitas vezes
    Nome: email:
    Se pudesse fazer-me uma pergunta, qual seria?
    Clique em ->
    Não deixe os seus potenciais clientes apodrecerem

    Coach Wilques Erlacher

    ACC Coach Credenciado pela ICF. Especializado em Coach de Desenvolvimento & Metafórico e Presidente do Conselho Fiscal da ICF Portugal. Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. O meu lema é: “Coaching não é para quem precisa, é para quem quer ser melhor” Os meus contactos são: email: we@wilqueserlacher.com || Skype: w.erlacher || Tel: +351 932 558 558

    WhatsApp chat