FAÇA:
Utilize a mesma velocidade, tom e volume de voz que o seu interlocutor:
NÃO FAÇA: Utilizar um tom monocórdico e sem vida.

FAÇA: Ligue para alguém com uma razão específica, pode ser para partilhar uma ideia ou informação;
NÃO FAÇA: Enviar de forma aleatória informação extensiva e fazer a o receptor perder tempo com algo que não interessa nada a pessoa ou ao negócio dele.

FAÇA: Vá ao site do seu potencial cliente e avalie primeiro se ele se encaixa no seu perfil de cliente;
NÃO FAÇA: enviar brochuras com informação para empresas a qual o seu produto ou serviço não interessa nada.

FAÇA: Dizer a verdade mesmo que não tenha a resposta a questão coloca. Responda mais tarde.
NÃO FAÇA: dar uma resposta só porque não quer ficar “mal” na imagem e depois ser desmentido pela circunstância do negócio.

FAÇA: Peça o negócio.
NÃO FAÇA: Assumir que o negócio está fechado antes de ter os papéis assinados pelo cliente.

FAÇA:seja educado e tenha boas maneiras;
NÃO FAÇA: assumir um ar de familiaridade;

FAÇA: Fale claro e devagar quando estiver a deixar uma mensagem no voicemail;
NÃO FAÇA: Falar disparado sem que não se consiga entender quem ligou.

FAÇA: deixe o seu nome, empresa e número de telefone no início e no fim da mensagem de voz;
NÃO FAÇA: deixar o seu nome e telefone somente uma vez na mensagem;

FAÇA:Saber e memorizar o nome correcto da pessoa com quem vai falar pessoalmente ou ao telefone;
NÃO FAÇA: Não saber correctamente o nome do seu interlocutor e trocar o nome;

FAÇA: Usar perguntas ou declarações directas tais como: “Acredito que poderá ajudar-me”
NÃO FAÇA: Usar frases-feitas como “ Será que poderia facultar-me alguma informação?”

FAÇA: Escreva o nome da secretária/Assistente do seu potencial cliente, se este for indicado;
NÃO FAÇA: perguntar o nome de forma que a pessoa fique com medo de lhe dar o nome por pensar que vai ser mais um dos “chatos” a ligar-lhe de forma insistente.

FAÇA: Desenvolva diferentes formas de apresentar o seu material de marketing. Uma folha A4 com uma lista de benefícios pode ser suficiente;
NÃO FAÇA: basear a reunião sobre o que leva na literatura da empresa;

FAÇA: Deixar numa mensagem de voz, quais são os benefícios dele “ter” o seu produto ou serviço;
NÃO FAÇA: Deixar numa mensagem de voz a perguntar “Se ele poderá estar interessado no seu produto ou serviço”;

FAÇA: Escute e esteja concentrado no que está a ser falado;
NÃO FAÇA: Deixar a sua mente “voar” durante uma reunião;

FAÇA: Identifique todos os influenciadores e compradores;
NÃO FAÇA: Acreditar que somente a pessoa que está a sua frente é que tomará a decisão sozinho.

FAÇA: seja educado mesmo que tenho que ser persistente;
NÃO FAÇA: desistir depois de um ou dois telefonemas para um potencial cliente.

Pense nisso, pratique e boas vendas.

Alguns Faça e Não Faça nas vendas

Wilques Erlacher

ACC Coach Credenciado pela ICF. Especializado em Coach de Desenvolvimento & Transformacional e Director de Vendas na Saphety (empresa do Grupo Sonae). Há mais de 20 anos que trabalho em funções relacionadas com Marketing, Vendas Corporativas, Desenvolvimento de Negócios, Gestão de Clientes, Formação, Mentoria e Consultoria em Vendas. Fui Presidente da Direcção na OV-APPV Associação Portuguesa dos Profissionais de Vendas e trabalhei na Petrogal (actualmente Galp Energia), na Agência Reuters Portugal, na Bull Portuguesa, na Novis Telecom e Mainroad (grupo Sonaecom). Sou keynote speaker, formador e mentor de equipas de vendas, desenvolvi e pratico a metodologia "Venda Melhor – A Fórmula que muda a forma de ser". Trabalho como Coach no desenvolvimento de profissionais em clientes empresarias em Portugal, Colômbia, Brasil, Espanha, França, Itália, Quénia e Cazaquistão. Acredito que há um potencial a ser trabalhado em cada um dos meus clientes, de forma única. O meu lema é “Coaching: It’s all about execution!” Quer falar comigo sobre como ser melhor profissional? email: we@wilqueserlacher.com Skype: w.erlacher telefone: +351 932 558 558

error: Conteúdo protegido contra cópia!